O eAmazônia

É uma instituição científica independente e sem fins lucrativos, com foco em tecnologia e inovação. O Centro tem como objetivo produzir e divulgar informações e conhecimentos técnicos e científicos, colaborando para o desenvolvimento sustentável da Amazônia Legal.

Criada através de uma parceria entre Eletrobras e Universidade Federal do Acre – Ufac, sua fundação ocorre de maneira paralela à criação de cursos de Bacharelado em Engenharia Elétrica na região, e também à construção das UHEs do Rio Madeira.

1

A sede do eAmazônia está localizada dentro do campus da Ufac, promovendo sinergia com o ambiente acadêmico, resultando num ecossistema capaz de inovar em produtos e processos, além de colaborar para a capacitação da mão de obra local.

Os três principais eixos de pesquisa do eAmazônia são:

I – Extrativismo Energético:
Atuando para que as comunidades da Amazônia Legal possam suprir sua demanda de energia, de forma sustentável e com baixo custo, colaborando para o desenvolvimento da região, bem como das competências e vocações locais.

II – Desenvolvimento Sustentável:
Executando estudos e atividades que colaborem com o desenvolvimento das comunidades locais, considerando sempre a minimização dos impactos ambientais e todo ciclo de vida do projeto, desde o início do processo de sua implantação até o seu descomissionamento.

III – Eficiência Energética
Desenvolvendo estudos, atividades e disseminando conceitos para gerar a mesma quantidade de energia com menos recursos naturais ou obter o mesmo serviço com menos energia, aderente ao ambiente regional.

Embora tenha atuação prioritária nos três eixos citados, o eAmazônia compreende também, dadas as características da Amazônia Legal, inevitáveis aspectos de desenvolvimento social.

Para que possa cumprir os seus objetivos, possui parceria com diversas instituições, funcionando em rede, de forma orgânica, onde todos os integrantes podem contribuir para o seu desenvolvimento, através de uma forte estrutura de compliance e, principalmente, transparência nos processos e gastos.

Além disso, possui notória capacidade técnica em seu ramo de atuação e colabora com o setor público e o privado em geral, atuando como órgão técnico e consultivo, no estudo e solução de problemas de base científica, tecnológica, ambiental e de regulação. O Instituto vem executando com sucesso projetos de Pesquisa e Desenvolvimento e Inovação, e de Eficiência Energética regidos pela Lei n. 9.991/2000, como demonstra este relatório.

pt_BRPortuguese